Corinthians é superado pelo Atlético-MG na Neo Química Arena pelo Brasileirão

Agência Corinthians

Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

O Corinthians voltou a entrar em campo na noite deste sábado (14). Pelo Brasileirão, o Alvinegro enfrentou o Atlético-MG, em partida válida pela 21ª rodada do torneio, na Neo Química Arena. Dentro de campo, o Timão foi superado por 2 a 1. Matheus Davó marcou o gol corinthiano.

Timão escalado!

O técnico Vagner Mancini decidiu iniciar o confronto contra o Atlético-MG com a seguinte escalação: Cássio; Fagner, Gil, Marllon e Lucas Piton; Gabriel e Roni; Ramiro, Luan e Everaldo; Matheus Davó. Durante a partida entraram Léo Natel, Éderson, Jonathan Cafú, Cantillo e Araos. No banco de reservas, estavam Walter, Michel Macedo, Bruno Méndez, Raul Gustavo e Camacho.

Primeiro tempo

Logo no primeiro lance de ataque alvinegro, o Timão abriu o placar. Aos cinco minutos, em boa jogada no meio de campo, Luan recebeu na meia esquerda, cruzou para Ramiro na segunda trave e, de primeira, cruzou para Davó completar para o gol. O camisa 33 chegou ao seu segundo gol com a camisa do Corinthians.

Aos 10 minutos o Timão chegou novamente. Fagner avançou em velocidade na direita e cruzou na segunda trave. A bola passou por toda a área e Davó se esticou para tentar a finalização, mas não alcançou a bola. No lance seguinte, Everaldo dominou, ajeitou para a perna direita e finalizou para o gol. A bola desviou em Réver e foi para escanteio.

Na metade do tempo, Fagner recebeu na entrada da área e arriscou de longe. A bola desviou no marcador e saiu pela linha de fundo, dando escanteio para o Corinthians.

O jogo, então, ficou muito preso no meio-campo, com o setor defensivo alvinegro levando vantagem sobre os ataques do adversário. Aos 33, Fagner tentou cruzamento para Davó, mas Everson fez a defesa com tranquilidade.

No final do primeiro tempo, o Atlético-MG buscou o gol, mas a defesa corinthiana adiantou a marcação e conseguiu anular todos os lances.

Nos acréscimos, duas jogadas de perigo do Corinthians. Na primeira, Fagner lançou para Davó, que saiu na frente de Éverson, tentou o driblar o goleiro, mas sem sucesso. Logo depois, Luan teve boa participação com Everaldo na esquerda e dominou na entrada da área, mas a bola foi para fora.

Segundo tempo

A segunda etapa começou com o Corinthians pressionando a saída de bola do Atlético, muita disputa no meio campo e uma marcação precisa do Timão. A primeira chegada do Coringão foi aos seis minutos. Em troca de passes do meio campo, Fagner tentou o cruzamento que passou pela área e sobrou para Everaldo do lado esquerdo. O atacante tocou para Lucas Piton, que tentou cruzar e ganhou o escanteio. Após a cobrança do tiro de canto, a defesa deu rebote e Gabriel finalizou de primeira, mas a bola travou em Réver.

Aos 12 minutos, após desarme de Gabriel, Davó puxou grande contra-ataque, fugiu da falta no meio campo e arrancou em direção ao ataque. No campo adversário, driblou um defensor, mas adiantou demais a bola e foi desarmado. Pouco tempo depois, em pressão do Atlético-MG, Guilherme Arana recebeu passe de Eduardo Vargas e chutou cruzado, empatando a partida.

A primeira alteração do Corinthians aconteceu aos 20 minutos. Léo Natel entrou no lugar de Everaldo. E logo em sua primeira participação, já ajudou o Timão a chegar com perigo. Natel recebeu passe de Gabriel, tocou para Lucas Piton, que cruzou e a bola foi em direção ao gol. O goleiro desviou a bola, jogando para escanteio.

Em cobrança de escanteio cobrada por Guilherme Arana, Réver desviou e a bola ficou viva na pequena área. Nathan finalizou e exigiu grande defesa de Cássio. Aos 31 minutos, Vagner Mancini mexeu em dose dupla. Entrou Éderson e Jonathan Cafú e saíram Roni e Matheus Davó, respectivamente. A partida ficou então marcada pela estreia de Cafú, o novo camisa 28 do Timão.

O Corinthians chegou novamente ao ataque aos 34 minutos. Luan recebeu cruzamento da direita, mas finalizou mal e sem levar perigo para o goleiro. No lance seguinte, Léo Natel foi para cima da marcação, cruzou rasteiro na área, mas a defesa afastou. Aos 37, o Atlético-MG foi ao ataque e, com Marrony, marcou o segundo da equipe mineira.

Após sofrer o gol, o comandante corinthiano realizou suas últimas duas mudanças nos últimos cinco minutos de jogo. Vieram para o jogo Cantillo e Araos nos lugares de Gabriel e Ramiro. O árbitro deu cinco minutos de acréscimo na segunda etapa, mas a partida terminou da mesma forma. 

Próximo jogo 

O Corinthians volta a atuar pelo Brasileirão no próximo domingo (22), novamente como mandante. Na Neo Química Arena, o Coringão receberá o Grêmio, às 20h30 (horário de Brasília), pela 22ª rodada do Brasileirão 2020.