Corinthians é superado pelo Flamengo na Neo Química Arena pelo Brasileirão

Agência Corinthians

Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians


O Corinthians voltou a entrar em campo na tarde deste domingo (18). Pelo Brasileirão, o Alvinegro enfrentou o Flamengo, em partida válida pela 17ª rodada do torneio, na Neo Química Arena. Dentro de campo, o Timão foi superado por 5 a 1. Gil marcou o gol corinthiano no jogo. 

Timão escalado

Em sua segunda partida pelo Coringão, o técnico Vagner Mancini decidiu levar a campo uma equipe com o retorno do capitão Cássio, suspenso na última partida: Cássio; Fagner, Marllon, Gil e Lucas Piton; Xavier, Camacho, Otero, Mateus Vital e Everaldo; Boselli. Á disposição no banco de reservas, o treinador teve: Walter, Michel, Gabriel, Luan, Cazares, Sidcley, Léo Natel, Gustavo Silva, Roni e Gustavo Mantuan. 

Primeiro tempo

O Timão começou o jogo indo para cima do adversário e mantendo a maior parte da posse de bola. Logo aos três minutos, Otero fez grande jogada na direita: deu um belo giro sobre a marcação, avançou e lançou Mateus Vital em profundidade na área. O camisa 22 cruzou rasteiro, mas a zaga afastou pela linha de fundo antes de Boselli chegar para concluir. Aos oito, Otero ganhou pelo alto e lançou Boselli na área, e desta vez o argentino quem cruzou para Everaldo, que chegou chutando por sobre o gol. 

Aos dez minutos, o Timão acabou sofrendo um gol em uma jogada iniciada pela direita do setor defensivo, mas que foi corretamente anulado pelo VAR um minuto depois, pois a bola havia saído pela linha lateral-esquerda na origem do lance com Vitinho. Aos 27, veio mais uma chance de gol alvinegra: Fagner foi lançado na área e chutou, mas a bola desviou na zaga e saiu. Em seguida, o Flamengo abriu o placar em cruzamento de Filipe Luís que Everton Ribeiro cabeceou aos 31 minutos. 

O jogo, então, ficou muito preso no meio-campo, com os setores defensivos levando vantagem sobre os ataques. Aos 38 minutos, o Timão teve nova oportunidade. Otero cobrou falta na área e a zaga afastou. Na intermediária, Piton dominou e chutou forte, mas a bola subiu demais. Aos 43, Camacho dominou livre na entrada da área e chutou forte, e a bola bateu no travessão.  

O árbitro Leandro Vuaden assinalou sete minutos de acréscimo. E deu tempo para ao menos mais uma chance de gol: aos 51, Otero cobrou escanteio na área e Xavier cabeceou, e a bola passou perto do travessão. E logo em seguida, o juiz encerrou a primeira etapa. 

Segundo tempo

O Corinthians retornou do intervalo com a mesma formação que foi para o vestiário, mas com uma disposição diferente, com Otero e Everaldo invertendo os lados. A partida ficou disputada no centro do campo, até que aos sete minutos o Timão sofreu o segundo gol, em chute de Vitinho da entrada da área.  

Mancini, na sequência, realizou três alterações. Saíram Otero, Mateus Vital e Boselli, e entraram Gustavo Mantuan, Cazares e Luan. No entanto, o Alvinegro sofreu o terceiro gol aos 13 minutos. Em cruzamento na área, Nathan cabeceou na segunda trave e a bola entrou. O Timão respondeu três minutos depois: em cobrança de falta na área, Gil cabeceou e marcou o gol. O auxiliar, no entanto, marcou impedimento, que o VAR revisou e manteve a decisão do campo. Apesar disso, aos 18 minutos, Gil marcou mais uma vez: em nova cobrança de Luan, o camisa 4 antecipou o goleiro e cabeceou mais uma, estufou a rede e diminuindo o marcador. 

O gol acendeu o Timão. Aos 24, Cazares puxou ataque pela esquerda e tocou para Gustavo Mantuan. O meia chutou rasteiro e a zaga desviou, e na sobra Cazares chutou rasteiro, e o goleiro Hugo defendeu no pé da trave. Mantuan pegou a sobra e tocou para Cazares, que tocou para Luan, e o camisa 7 chutou, para boa defesa de Hugo. 

Mancini realizou mais uma mudança em seguida, colocando Gustavo Silva no lugar de Everaldo. Aos 26 minutos, o Flamengo puxou contra-ataque rápido pela direita e cruzou na área, e Bruno Henrique completou, mexendo outra vez no placar. Aos 28 minutos, o Corinthians tentou mais uma vez. Em cobrança de escanteio na área, Marllon subiu e cabeceou firme, e Hugo fez nova defesa. 

Um minuto depois, última mudança de Vagner Mancini na equipe: saiu Camacho e entrou Gabriel. Aos 41 minutos, o Timão voltou a sofrer gol, com Diego em jogada individual. O árbitro deu três minutos de acréscimo na segunda etapa, mas a partida terminou da mesma forma. 

Próximo jogo

O Corinthians volta a campo pelo Brasileirão na quarta-feira. Pela 18ª rodada, o Alvinegro encara o Vasco fora de casa, às 21h30, em São Januário.