Na Neo Química Arena, Corinthians empata com o Vasco pelo Brasileirão

Agência Corinthians

Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

O Corinthians voltou a jogar em seu estádio, a Neo Química Arena, na tarde deste domingo (21). Em partida válida pela 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2020, a equipe alvinegra recebeu o Vasco em seu último jogo no torneio atuando em casa. Dentro de campo, o Coringão ficou no empate sem gols contra o time carioca e foi a 50 pontos na tabela.

Timão escalado
O técnico Vagner Mancini decidiu levar a campo uma equipe com duas mudanças em comparação com a equipe que iniciou a última partida no meio de semana. Fagner e Ramiro entraram na equipe nas vagas de Michel e Cantillo. Assim, o onze inicial teve: Cássio; Fagner, Jemerson, Gil, Fábio Santos; Gabriel, Ramiro, Gustavo Silva, Araos, Mateus Vital; Léo Natel.

À disposição no banco de reservas, o treinador corinthiano teve: Walter, Michel, Lucas Piton, Luan, Cazares, Otero, Bruno Méndez, Camacho, Cantillo, Marllon, Gabriel Pereira e Jô. 

Bola em jogo
Jogando na Casa do Povo, o Timão iniciou a partida indo para cima, mas vendo o time adversário fazer faltas no meio-campo para parar o ímpeto corinthiano. Aos dois minutos, Gustavo Silva achou Fagner, que tocou para Ramiro na direita. O camisa 8 cruzou na área para Léo Natel, mas a zaga adversária afastou antes do camisa 18 chegar. 

O atacante alvinegro teve uma chance clara de gol quatro minutos depois. Em contra-ataque puxado por Fagner pela direita, Natel recebeu livre na entrada da área, ajeitou e chutou, mas a bola subiu demais. O lado direito funcionava bem: aos 16 minutos, Fagner tocou para Gustavo Silva, que tabelou com Ramiro e lançou o camisa 23 na área. O lateral dominou livre e chutou forte, e o goleiro espalmou.

Aos 33 minutos, o técnico Vagner Mancini foi forçado a fazer a primeira substituição. Gustavo Silva sofreu uma pancada no joelho e foi substituído por Gabriel Pereira. Três minutos depois, o Alvinegro fez jogada ensaiada: Fagner cobrou escanteio para Gabriel na entrada da área, e o volante lançou Araos na segunda trave, mas a zaga afastou no último momento.

No final do primeiro tempo, o árbitro assinalou três minutos de acréscimo. Durante os instantes finais, Fagner se ressentiu de uma lesão e chegou a pedir substituição. A partida seguiu sem maiores sustos defensivos, e o árbitro Anderson Daronco deu o apito final pouco antes dos 48 minutos.

Segundo tempo
Vagner Mancini realizou mais duas alterações logo na volta a campo. Lesionado, Fagner não retornou e Michel entrou em seu lugar. Araos foi outro a deixar a partida, com Cazares em seu lugar. A partida recomeçou da forma que havia se encerrado na primeira etapa, com muitas disputas físicas no centro do campo.

A primeira chance alvinegra de gol veio aos dez minutos. Em boa trama na entrada da área, Mateus Vital tocou para Cazares, que lançou Ramiro na área em profundidade. O camisa 8 se esticou para completar para o gol, mas acabou tocando fraco na bola. Quatro minutos depois, Mancini colocou Jô em campo na vaga de Léo Natel.

A pressão corinthiana aumentava: aos 18 minutos, Gabriel Pereira tocou para Michel, que cruzou na área. A zaga afastou parcialmente e na sobra Fábio Santos chegou chutando muito forte, e a bola passou perto da trave direita do gol. Aos 26, Mateus Vital tabelou com Gabriel e cruzou em profundidade para Michel, mas a bola foi forte demais.

Aos 28, o Corinthians fez sua última alteração: saiu Vital e entrou Otero. O camisa 11 fez sua primeira jogada um minuto depois, puxando contra-ataque pela esquerda e lançando Fábio Santos. O lateral cruzou para Gabriel na entrada da área, e o volante chutou, mas a bola ficou na zaga. Aos 35, Cazares deu belo lançamento em profundidade para Jô, mas a bola correu demais e o atacante estava impedido. 

A pressão corinthiana seguiu. Aos 44 minutos, Jô foi lançado e chutou para o gol, para defesa do goleiro adversário. Aos 47, Michel cruzou na área para Cazares e o camisa 10 tentou chutar para o gol, mas pegou fraco na bola. Foi a última ocasião de gol corinthiana no jogo, que terminou empatado sem gols.

Próximos jogos
O Corinthians se despede da temporada 2020, esticada até fevereiro em virtude da pandemia do Covid-19, na próxima quinta-feira (21). Às 21h30, o Alvinegro sai de casa para enfrentar o Internacional no estádio Beira-Rio, em embate válido pela 38ª e última rodada do Brasileirão. 

E a temporada 2021, por sua vez, começa já no próximo fim de semana. No domingo (28), o Timão estreia no Paulistão entrando em campo às 18h15 diante do Bragantino, na casa do adversário, pela primeira rodada do estadual.